Gold no Canadá...

domingo, março 23, 2008

Bem-vinda primavera

Amigos,

Desculpem o sumiço, mas estes dias fui tomado pelo mau humor típico do final de inverno.

Na semana passada, tivemos o prazer da chegada do Alexandre, que foi meio conturbada, mas vou deixar os detalhes para quando ele tiver tempo de contar :). E no dia da chegada dele, que também foi o dia do aniversário dele, nos reunimos na casa do Diogo e da Marina, que gentilmente nos convidaram para uma festinha surpresa para o Alexandre.

Foi praticamente um mini-encontro dos imigrantes (ou imigrados?)de Gatineau, tá certo que eu era o único que não morava em Gatineau, mas no final das contas, pode-se dizer que sou cidadão québecois por escolha, né?

Antes de chegar na casa do Diogo e da Marina, falei com o Paulo, que me avisou que por causa da temperatura, havia muita água na calçada e por isso seria melhor ir pela pista. Desci do ônibus, olhei para o monte de neve entre a pista e o passeio e pensei: se eu for pela pista além do risco de morrer atropelado, eu ainda vou ter que dar uma volta do tamanho do mundo, vou tentar ir pelo passeio mesmo que molhe "um pouquinho" o meu pé.

E lá se vai o tapado do Goldman, tentar andar pelo passeio, apesar do aviso do Paulo. E quanto mais eu andava, mais a água aumentava. Chegou a um ponto que eu resolvi, subir no monte de neve que estava separando o passeio da pista, mas como a temperatura estava melhorzinha, cada vez que eu pisava, minha perna descia até o meio da coxa, porque a neve estava começando a derreter. E assim fui andando até o meio do caminho, que foi quando comecei a considerar a hipótese de voltar, mas daí já estava no meio do caminho e fui embora. Cheguei lá com o pé molhado e com frio, mas tudo bem. Conselho: escutem os avisos de amigos.

Mas voltando ao ponto principal: Foi uma reunião deliciosa, o encontro com pessoas com quem eu sempre conversava por email é legal demais da conta. As trocas de experiências, ouvir os relatos das pessoas que estão chegando agora é uma coisa super legal, porque me lembra dos meus primeiros dias e fico pensando no quanto o pessoal que chega aqui hoje é mais bem preparado. Eu cheguei aqui sem lenço e com documento (afinal de contas eu não vim de maneira ilegal... mas eu não tinha lenço mesmo), sem conhecer ninguém e nem a cidade.

No começo tudo é descoberta: a procura do apartamento, abrir a conta no banco, tirar o passe do ônibus, fazer novos documentos e assim por diante. É literalmente recomeçar a vida, e eu neste aproveitei para tentar corrigir meus erros e recomeçar minha vida aqui da forma que achei mais apropriada. É uma nova chance de recomeçar.

Tudo bem, eu reconheço que estou meio filosófico, mas sempre fico assim perto de certas datas e agora que é oficialmente primavera, e a perspectiva de não ter que colocar um moooonte de roupas para sair me deixa muito feliz, mas sinceramente acredito que vai levar pelo menos mais umas 3 ou 4 semanas até as temperaturas ajudarem mesmo... mas tá bom.

Dia de páscoa: resolvemos fazer um almoço com um casal de amigos que também não tem família aqui no Canadá. Os outros brasileiros que conheço geralmente tem filhos, e acho que páscoa é uma data mais ou menos como natal, mais voltada para família, por isso resolvemos deixar a coisa num nível pequeno e simples.

Acredito que esta semana terei novidades mais excitantes para contar.

Uma ótima semana para todos e abraços

7 Comments:

  • Faallaaa Goldman!!
    Feliz Páscoa!!
    Grande abraço!!

    By Blogger Ismael Oliveira, at 12:04 PM  

  • Gold: adoro seus posts, seu jeito de escrever, continue blogando:) uma ótima páscoa e boa primavera, ou será bom melting?abçs

    By Blogger ju k, at 8:19 PM  

  • Gold, identifiquei vc na foto no blog da Valéria e do Alexandre, na festa de aniversário. É engraçado, pois lendo o seu blog regularmente e tendo acompanhado toda a saga do casal Valéria, Alexandre e filhos, vcs se tornaram amigos próximos, mesmo com pouco contato. No final desse ano esperamos, minha esposa, filho e eu, visita-los pessoalmente em Gatineau. Saiba o quanto seus relatos e exemplos são importantes para todos, imigrantes, imigrados e/ou amantes da pátria Tupiniquim. Feliz Pascos e Feliz Primavera. Abraços, Matheus, Andrea e Helio.

    By Anonymous Anônimo, at 9:24 PM  

  • Comigo aqui tb aconteceu isso: recebi o Rogério e a Lu aqui em casa e foi o maior barato reviver com eles algumas coisas que vivemos na chegada. O primeiro celular, a dificuldade inicial com a língua, o encantamento com a cidade... =) Bom demais, né? Bom demais saber que podemos de alguma forma ajudar nossos conterrâneos!
    Poxa Gold, nem me fala que o inverno tá acabando... Apesar de estar de saco cheio, eu sempre jurei pra mim mesma que no meu primeiro inverno aqui eu faria duas coisas: patinar no Canal daí e conhecer o hotel de gelo de Quebec... Mas como tenho trabalhado praticamente todos os finais de semana, nao consegui realizar nem uma coisa, nem outra... =(

    By Blogger Manu, at 7:34 AM  

  • Olá Goldman, tudo jóia?!

    Olha só, queria ver com você um bom presente que um Brasiliense, vivendo no Canadá, poderia gostar de receber.

    Abraço!

    Rogério Lima

    By Blogger Rogério, at 10:26 AM  

  • É confortante saber que os brasileiros se encontram por aí, mesmo que eventualmente.

    Dá próxima vez você vai pela pista, né? rs!

    Beijo,

    K.

    By Blogger K, at 2:17 PM  

  • Fla Gold. Legal a chegada do pessoal por ai. Daqui a pouco somos nós.

    Abraço

    Ricardo

    By Blogger Ricardo, at 7:30 PM  

Postar um comentário

<< Home